pexels-photo-792725

Alguns dizem que estamos loucas. Que exageramos…Que eles vão deixar de ter direito a nos seduzir ! Espantoso ! Como se a maioria soubesse o que isso significa.

Discute-se se existe uma barreira entre o assédio e a sedução.

Existe .

Mas não é aquela que muitos defendem . E defendem, porque não são mulheres e/ ou porque não entendem a génese feminina.

Seduzir, é um acto que não pode atingir a liberdade de uma pessoa. Não pode entrar no espaço físico, a que todos temos direito.

Durante séculos jovens mulheres e adolescentes , quando começaram a ter formas e a tornarem-se visíveis aos olhos masculinos, sentiram o seu espaço físico violado , a sua liberdade limitada.

A maioria das jovens mudaram de percursos para a escola , porque sabiam que ao passar numa obra , 8 ou mais homens a tratavam como um naco de carne comestível, muitas jovens tiveram medo quando algum adulto demonstrava por ela interesse físico, na escola, na família, nas actividades desportivas.

Muitas olharam para a sua roupa, milhões de vezes para tentarem entender se a culpa era das roupas ou delas.

Muitas se lembrarão quando começaram as aulas de condução. Quantos instrutores passaram as mãos pelos joelhos delas ? Enquanto elas tentavam segurar um volante de um carro ?

Quem não passou pelo assédio do primeiro patrão ? Que de repente a apanha numa sala vazia e se atira fisicamente a ela ?

Quem nunca passou pelo receio de sentir umas mãos meramente conhecidas de um treinador ou professor pelo corpo ?

Quem nunca foi assediada por um professor mais velho, de tal forma que chumbava á disciplina e faltava ás aulas ?

Os homens.

Eles não sabem o que é isto.

Eles não sabem,  qual é a sensação de invasão e violação do espaço físico, psicológico e emocional.

Muitos só entenderão mais tarde se tiverem filhas.E se tiverem uma relação com elas de partilha, que consigam lhes fornecer a segurança necessária para elas  confessarem as inseguranças e os ataques.

Aqui , necessitamos que os homens tenham o papel de pai. O papel que fornece a segurança ás jovens mulheres que se deparam com um mundo de atrasados sexuais. Essa segurança, vai ser definitiva para conseguirem lidar com a situação.

Agora, se esse pai é um violador de espaço físico da mãe, é um atrasado sexual na rua , é o detentor do poder sobre a progenitora e/ou sobre outras mulheres. Na maioria dos casos, o resultado será uma mulher mais frágil e insegura no futuro.

Mas corajosamente muitas de nós lutamos contra essa insegurança. Lutamos num mundo de hostilidade para conseguir vingar , sem nunca vendermos a alma ao diabo ou nos deixarmos comandar por aquele que usou a nossa fragilidade.

E somos muitas !

Nós não somos frágeis ! O mundo tentou. O mundo tenta. Mas não somos, apesar dos assédios perpetuados por esfomeados e atrasados sexuais, no desenvolvimento da nossa feminilidade.

E depois…

Depois vem a idade adulta. E quando muitas pensam ter encontrado um porto seguro , encontram um outro atrasado sexual ou esfomeado pelo poder, que se aproveita da sua fragilidade e a usa.

E usa para quê ? Para ter poder sobre alguém. E se esse alguém for a mulher que com ele namora, vive ou mantém um relacionamento, ainda melhor !

Pois lá fora, na selva urbana e laboral ou numa infância turbulenta , muitas vezes ele tem ou teve ,  que cumprir ordens. Ali, entre aquelas quatro paredes , ele manda.

E quando muitos tem poder. Quando tem que contratar alguém, usam esse poder sobre o mais frágil . Sobre aquela (e) que durante o seu desenvolvimento foi vitima de atrasados sexuais.

Isto é, assédio . Isto é violação de direitos humanos. Isto é violação de todos os princípios morais e humanos.

Sedução , é tocar a alma de uma mulher.

Descobrir quais os limites de cada uma . Somos todas diferentes e aí deveria estar o fascínio masculino pela descoberta .  Mas parece que não se querem dar ao trabalho. É tudo tratado como se fosse fast food.

Aí está o erro daqueles que se tentam rebelar contra as vozes femininas, que já se fazem ouvir…

Contra as mulheres que têm hoje a coragem de dizer : Basta !

Elas dizem isto , por elas . Mas não se esqueçam …

Dizem também pelas mães deles e pelas filhas deles.

BASTA.

Aprendam a seduzir. Não a violar.

 

Paula Gouveia 18-01-2018

 

 

 

 

Anúncios

Mãe, Mulher, Empresária. Simplesmente Eu e as palavras, que me aquecem a alma e me fazem sorrir.

2 Comment on “É assédio, sim !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: